Direito à Cidade e o lugar dos pobres na metrópole brasileira

São Paulo é a grande metrópole brasileira. Seus números são gigantes. Tudo em São Paulo é quantitativamente maior do que em qualquer centro urbano brasileiro. Pois bem. São Paulo é uma cidade com problemas sociais proporcionais à suas dimensões.

A Prefeitura de São Paulo propor a proibição de distribuição de comida aos pobres é o que parece: desumanidade, incapacidade política, ausência de projeto para lidar com as grandes questões.

Daí, a direita paulistana ataca no varejo, com proibições de toda ordem. Proibições para os cidadãos em geral e para os pobres em particular. Difícil é proibir a existência da pobreza. Mas o fascismo como prática social é a busca pela eliminação das pessoas, de seus lugares, daquilo que essas pessoas representam.

A estratégia de desterritorialização, de destruição simbólica e física dos moradores e das moradoras de rua é invisibilizada para o conjunto das pessoas porque a estigmatização das pessoas em situação de rua é enorme. Pobreza, sujeira e fome assustam. Além disso, “tá todo mundo usando crack” – e essa droga, que passou a ser vista como o mal a ser eliminado, agora está associada com a situação de rua.

Mas há entidades que – por razões religiosas, políticas, éticas – não se deixam afetar pela tentativa de abandono dos moradores e das moradoras de rua. Entre as ações que desenvolvem, distribuem alimento. Então, com a ameaça de proibição, a prefeitura de São Paulo demonstra seu caráter classista e autoritário.

É necessário recolocar a questão do espaço público em São Paulo.

O espaço público deve ser regulado para garantir o exercício de direitos, para ser espaço de liberdade. São Paulo, por suas dimensões, poderia ser uma cidade de exercício de muitos direitos, de amplas liberdades democráticas. Para isso, teria que substituir sua elite por outra. Ou, quem sabe, deixar de ser dirigida por uma elite.

Anúncios
Esse post foi publicado em Direito à Cidade, Gentrificação, território. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s