São Paulo e Rio recebem protestos contra truculência em obras da Copa

http://www.redebrasilatual.com.br/temas/cidades/2011/07/copa-movimentos-sociais-vao-as-ruas-neste-sabado-contra-irregularidades-em-obras

Cidades

São Paulo e Rio recebem protestos contra truculência em obras da Copa

Neste sábado, mesmo dia do sorteio das chaves do Mundial, ativistas pedem atenção para evitar violações de direitos humanos em cidades sede
Por: Redação da Rede Brasil Atual
Publicado em 29/07/2011, 18:35
Última atualização às 18:35

São Paulo – Manifestações contra remoções forçadas e irregularidades nas obras da Copa do Mundo de 2014 estão programadas no Rio de Janeiro e em São Paulo, neste sábado (30). No mesmo dia ocorre, na capital fluminense, o sorteio das chaves para o Mundial de futebol, sediado em 12 capitais brasileiras.
Marcelo Edmundo, do Comitê Popular da Copa e das Olimpíadas do Rio, alerta que comunidades inteiras estão sendo removidas para dar passagem às obras de infraestrutura para os jogos. “Um processo que ocorre com muita truculência, sem nenhum respeito às legislações em casos de despejo, remoção e reassentamento. Estamos percebendo que esse processo vai além de preparar a cidade para receber os jogos. É um processo de revalorização do solo urbano para especulação imobiliária”, disse, em entrevista à Radioagência NP.

Em carta aberta divulgada esta semana, o Comitê Popular de São Paulo critica os rumos do futebol e a anulação do espírito esportivo em nome de interesses econômicos e políticos. “A Copa acelera dois processos já em curso: a repressão aos pobres e aos movimentos populares e a supervalorização fundiária. Isso em todas as cidades-sede da Copa”, aponta o documento. “A Copa não pode servir de pretexto para o aumento de políticas repressivas e contribuir para o agravamento de problemas como o da moradia”, pede o comitê.

Em abril, Raquel Rolnik, relatora Especial da Organização das Nações Unidas (ONU) para o Direito à Moradia Adequada, divulgou parecer sobre violações de direitos humanos em obras da Copa de 2014 e Jogos Olímpicos de 2016. O documento citava problemas em cidades como São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Curitiba (PR), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Natal (RN) e Fortaleza (CE).

"Parece haver em todas as cidades um padrão de falta de transparência, consulta, diálogo, negociação justa e participação das comunidades atingidas em processos relativos a remoções já realizadas ou planejadas no âmbito da preparação para a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos", publicou a urbanista em seu blogue.

Programação

Na cidade do Rio, a manifestação “Você pensa que a Copa é nossa?”, está marcada para este sábado às 10h, no Largo do Machado, na zona sul. O ato “Copa pra quem?”, será realizado em São Paulo, no mesmo dia e horário, em frente à estação Itaquera do metrô, na zona leste da capital paulista. Em Manaus, uma audiência pública deve ocorrer nesta segunda-feira (1°), a partir das 13h, na Assembleia Legislativa.

Tags: obras, copa, irregularidades, forçadas, manifestação, remoções, futebol, 2014

nc3=3_._,___

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s