Instituto Pólis: algumas notícias

Publico algumas notícias do último boletim do Instituto Pólis. Confira abaixo!

top_noticias.gif
30 de Junho de 2011
Pólis apresenta resultados de pesquisa sobre desigualdade de gênero

Realizou-se entre 20 e 22 de junho de 2011 em Lima (Peru), a Oficina de apresentação e debate da 3ª etapa da pesquisa Dimensões de Gênero no Manejo de Resíduos Sólidos Domésticos em Cidades da América Latina.A pesquisa coordenada pela DESCO, ONG peruana, tem por objetivo apontar soluções para a superação das desigualdades de gênero no contexto do trabalho de recuperação de resíduos desenvolvido por catadoras e catadores, tendo como base as cidades de Lima, São Paulo, Montevideu e Cochabamba. Participam do projeto o Instituto Pólis e a SOF (Brasil), o CIEDUR (Uruguai), e o CESU (Bolívia).
Elisabeth Grimberg, responsável pela pesquisa em São Paulo.

“São muitos os desafios das políticas públicas para viabilizar melhores condições de trabalho e qualidade de vida para as catadoras. É importante desenvolver um programa que contemple o conjunto da categoria e garanta equipamentos (caminhão, prensa, balança, EPIs etc), remuneração pelo trabalho prestado à cidade, assim como serviços de creches, saúde, previdência social, além de políticas de habitação, e de proteção contra a violência que sofrem as mulheres”, afirmou Elisabeth Grimberg, responsável pela pesquisa em Sao Paulo.

Leia mais

Pólis assina Manifesto do Comitê Brasil em Defesa das Florestas e do Desenvolvimento Sustentável do Brasil

O Instituto Pólis, que integra o Fórum Nacional de Reforma Urbana, assinou o manifesto que reivindica maior diálogo do governo com a sociedade civil no que diz respeito a mudança do Código Florestal.

“É mais do que hora de o País atualizar sua visão de desenvolvimento. Tal como a Constituição reconhece a manutenção das florestas como parte do projeto nacional de desenvolvimento, cabe ao poder público e nós, cidadãos brasileiros, garantir que isso aconteça”, afirma o manifesto.

Leia o Manifesto

Nova região metropolitana é desigual ao extremo

“De um lado, São Caetano, com índices de qualidade de vida próximos aos da Noruega e da Austrália, líderes mundiais. Do outro, Francisco Morato e Embu-Guaçu, com taxas iguais à da Albânia e inferiores à do Panamá.””

A matéria elaborada pela Folha de S.Paulo trata da Região Metropolitana de São Paulo que o governador Geraldo Alckmin (PSDB) oficializou no dia 12 de junho.

Em opinião para a matéria, o urbanista do Instituto Pólis, Kazuo Nakano afirma que a falta de pólos que distribuam as demandas da metrópole é o problema central do desequilíbrio social registrado. Ele diz que é preciso, porém, ter cuidado com estratégia e execução. “Há muitas obras sem planos e muitos planos sem obras”, alerta o urbanista Nakano.

http://www.agora.uol.com.br/saopaulo/ult10103u928852.shtml

Conheça a operação urbana de Itaquera

Das três novas operações urbanas anunciadas esta semana pela Prefeitura de São Paulo, a mais estratégica para a Copa 2014 é a Rio Verde-Jacu, na zona leste, que envolve a área onde será erguida a Arena Corinthians, estádio do Mundial na capital paulista.

“Plano de Desenvolvimento da Zona Leste”, é a forma como a prefeitura a designa o projeto, que tem como parte integrante o “polo institucional Itaquera”, com projetos que beneficiam o bairro da futura arena.

Segundo a opinião de Kazuo Nakano para a matéria, “O Itaquerão é apenas um item dentro do plano para a região, e insuficiente para dar conta das demandas da zona leste. Anterior ao cronograma de obras é a discussão das remoções e quais as contrapartidas sociais desta intervenção. Desejaria ver sinais concretos da associação da imagem do estádio aos planos de urbanização do entorno e mecanismos de distribuição dos benefícios”.

Portal 2014 – 10 de junho de 2011

Instituto Pólis – http://www.polis.org.br/
Anúncios
Esse post foi publicado em Copa do Mundo, Meio ambiente, Metrópoles, Mulheres urbanas. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s